Teste para diagnóstico da Esclerose Múltipla, Freelite® Mx tem distribuição ampliada

Uma parceria entre a Binding Site e o Senne Liquor Diagnóstico vai ampliar a distribuição do Freelite® Mx, um teste específico para auxiliar no diagnóstico da Esclerose Múltipla e de outras doenças do sistema nervoso central, que permite a quantificação de cadeias kappa-lambda leves livres no Líquido Cefalorraqueano (Líquor). O teste também é utilizado no monitoramento da doença.

Com presença marcante em São Paulo e Campinas, o Senne Liquor Diagnóstico mantém parcerias estratégicas por todo o Brasil. São mais de 70 hospitais e 60 operadoras parceiras, o que possibilita a realização de 30 mil atendimentos por ano.

Consolidado como um centro de referência no Brasil em coleta e análise de líquor, o Senne já tem o analisador da Binding Site (Optilite) validado e em rotina para a realização do exame Freelite® Mx. A utilização do Freelite® em amostras de líquor garante segurança adicional nos resultados e facilidade na interpretação.

Para a diretora científica da Binding Site, Elyara Maria Soares, parcerias como essa são fundamentais porque facilitam a vida dos médicos e beneficiam os pacientes. “O Freelite® Mx é um exame muito sensível e específico, foi desenvolvido e validado para amostras do líquor, e consegue quantificar as cadeias leves livres que ficam no espaço intratecal, já que aparecem em concentrações muito baixas neste local”, explica.

Sensibilidade no diagnóstico da Esclerose Múltipla

A necessidade de um biomarcador mais sensível e que pudesse ser utilizado em conjunto com as imunoglobulinas do líquor era evidente. O exame das Bandas Oligoclonais (BOC), ainda que seja padrão ouro, não é totalmente automatizado e às vezes leva tempo para indicar um caminho. 

Já o Freelite® Mx é um exame totalmente automatizado, processado em um aparelho de bioquímica que tem capacidade de detecção e sensibilidade muito maior para quantificar esses anticorpos no líquor. O resultado é apresentado através de um indicador numérico mais simples e de fácil compreensão.

A diretora científica da Binding Site ressalta que já existem casos em que os pacientes que não tinham sido diagnosticados com Esclerose Múltipla pelo exame de BOC, tiveram o diagnóstico concluído com o uso do Freelite® Mx. “Esses resultados só reforçam a importância de utilizá-lo em conjunto com outros testes para o diagnóstico da doença”, reforça. 

Desde 2006, a pesquisa de cadeias leves livres, comprovadamente eficaz para o diagnóstico e monitoramento do Mieloma Múltiplo, passou a ser direcionada para a Esclerose Múltipla, com a definição de biomarcadores que quantificam esses anticorpos também no líquor. 

Diagnóstico precoce

O diagnóstico precoce da EM e o seu monitoramento são fundamentais para limitar o impacto da doença na vida dos pacientes, indicando um caminho mais assertivo e proporcionando melhorias em seu dia a dia.

A quantificação das cadeias leves livres e da albumina, tanto no soro quanto no líquor, permite o cálculo do índice de cadeias leves livres kappa e lambda. Um índice elevado auxilia no diagnóstico de EM e até pode identificar pacientes com Síndrome Clinicamente Isolada (CIS), o que, por vezes, é um dos primeiros sinais neurológicos indicativos da Esclerose Múltipla.

Para saber mais informações sobre o Freelite® Mx, clique aqui e entre em contato conosco.